MOÇÃO DE REPÚDIO AOS CASOS DE ESTUPROS NA CIDADE DE GUARULHOS

Temos acompanhado nas últimas semanas, as diversas notícias sobre o aumento de estupros na Cidade de Guarulhos.  Homens, que esperam as mulheres de madrugada, na sua saída ao trabalho ou no retorno da faculdade e em outras ou quaisquer situações para estuprá-las.

Nós, do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) do Município de Guarulhos viemos a público repudiar essa postura que desqualifica a violência praticada nos corpos e nas almas das vítimas e que só contribui para a revitimização institucional. Afinal, nenhuma mulher merece ser estuprada!

Em um País onde o estupro e o feminicídio são considerados crimes hediondos, é inaceitável a vigência desse tipo de cultura sexista e misógina, que maltrata e mata suas mulheres, como se objetos sexuais fossem. A cultura da violência sexual contra meninas, adolescentes e mulheres não é um fato isolado.

O Brasil, como signatário da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher (CEDAW), tem o dever de combater a violência de gênero, não apenas em suas leis, mas, principalmente, em suas práticas.

Que o triste exemplo da Índia, onde a violência sexual contra mulheres e meninas é tolerada, não nos sirva de exemplo.

Apoiamos a mobilização de toda a sociedade em protesto a esses episódios cruéis ocorridos em Guarulhos e todo o Brasil, e rogamos ao sistema de segurança pública e justiça dos Estados de São Paulo para que tratem esses casos como prioridades absolutas, em respeito aos direitos humanos das mulheres.

DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE (PSOL) DA CIDADE DE GUARULHOS
13, de Julho de 2015.

Deixe um comentário:


*