Nota do PSOL sobre agressão nazista ao Diretório de São José do Rio Preto

Ontem à noite (04/12/14) o PSOL Rio Preto/SP foi vítima de uma ação criminosa através de uma pichação no portão da sua sede. A mensagem contém a suástica nazista com a seguinte frase: “Temos armas e vcs?”. Um dos filiados do partido também sofreu ameaça através de pichação em sua casa, com a frase “Morre cajuzinho” e com o mesmo símbolo.

O PSOL Rio Preto repudia qualquer ato que represente uma atitude nazista ou fascista e continuará buscando seu objeto de uma sociedade sem desigualdade e socialista.

Essa agressão em nada mudará nossa atuação política na cidade, pois continuaremos fazendo o debate prático e ideológico, denunciando as mazelas do poder público e sem medo algum, como temos feito no dia a dia.

Nosso partido é o único que possui liberdade no nome, o que contraria o sistema nazifascista, e reafirmarmos que continuaremos nossa luta apesar das ameaças que sofremos.

Em resposta à ameaça, o PSOL Rio Preto informa que não tem armas, aliás, defendemos projetos de igualdade social e mudanças na sociedade por meio da mobilização popular e da participação política. O caminho da violência sempre foi a opção da direita.

O que temos são apenas livros, ideais, vontade de mudança e sede de justiça.

Prestamos total solidariedade ao companheiro Prof. Anderson Rizzutti que foi vitima deste tipo de ameaça.

Viva o Socialismo!

Viva a Liberdade!

Viva o PSOL!

Pedro Roberto Gomes

Presidente do PSOL Rio Preto.

psol_rio_preto

Deixe um comentário:


*