Nota de repúdio contra a ação violenta do prefeito de São Bernardo do Campo

No dia 15 de julho de 2013 o “Comitê dos Trabalhadores e Juventude do ABCD”, que discute há mais de ano a questão dos transportes públicos na região, participou de reunião com os prefeitos dos sete municípios do grande ABC no Consórcio Intermunicipal. Temas como disponibilização das planilhas de ônibus, redução das tarifas, dentre outros, foram abordados.

Ao final da reunião os prefeitos conversaram com os militantes de cada cidade respectivamente, com exceção do prefeito de São Bernardo do Campo Luiz Marinho que tomou a direção da saída. Quando abordado por membros do Comitê empurrou o braço de um deles e, em seguida, sem nenhuma explicação, seus seguranças partiram para a agressão física acertando o rosto do presidente do Psol de Santo André, Marcelo Reina.

Seguiu-se um pequeno tumulto logo controlado, mas reinou a indignação geral pela truculência da ação.

Marcelo Reina fez um Boletim de Ocorrência e exame de corpo de delito. Constatou-se uma fratura no nariz.

e8c7ee078e
Fonte: Jornal Repórter Diário.

Em função do ocorrido, nós do Partido Socialismo e Liberdade Regional Grande ABC, vimos à público para:

1) Repudiar veementemente a maneira agressiva e truculenta como os membros do “Comitê dos Trabalhadores e Juventude do ABCD” foram tratados pelo prefeito Luiz Marinho e pelos seus seguranças;

2) Repudiamos a postura do Consórcio Intermunicipal de prefeitos do ABC que se omitiu sobre o caso;

3) Repudiamos a expressão utilizada pelo prefeito Luiz Marinho sobre a agressão no jornal Bom Dia, referindo-se a Marcelo Reina: “Ele teve seu minuto de fama”;

Psol Regional Grande ABC

Assista os vídeos abaixo que evidenciam a truculência no episódio.

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Qlh9K_TLh4c
https://www.youtube.com/watch?v=NmHiNo6A99E

Deixe um comentário:


*