17 de maio: dia Nacional de Combate à Homofobia

Pronunciamento do deputado federal Jean Wyllys (PSOL/RJ)
“Sr. Presidente.

Hoje é o Dia Nacional de Combate à Homofobia. Para marcar essa data, na maioria dos Estados brasileiros, acontecem atividades organizadas por ativistas para marcar esse ódio que abate hoje muitos homossexuais no Brasil e violam outros tantos direitos.

A estatística imprecisa dá conta de que no ano passado morreram 226 homossexuais, vítimas do crime homofóbico.
A homofobia se expressa letalmente, por meio das agressões e dos assassinatos, mas a homofobia se expressa, sobretudo, por meio da violação de direitos. Hoje, no Brasil, os homossexuais são alijados de quase 70 direitos. Portanto, são considerados cidadãos de segunda categoria, porque vivemos numa sociedade homofóbica.

A homofobia vigora em diferentes instituições e espaços da família, passando pelas escolas e pelas igrejas, que são reprodutoras da homofobia. Até mesmo no Congresso Nacional, vários Deputados se organizam politicamente para impedir que a cidadania avance e contemple os homossexuais do Brasil.

Então, neste Dia Nacional de Combate à Homofobia, quero marcar aqui a importância de o Congresso Nacional se sensibilizar para essa parcela da população, que é destituída de direitos e é abatida diariamente por conta da violência homofóbica.

Muito obrigado, Sr. Presidente.”

Sala das Sessões, 17 de maio de 2012.

Deputado Jean Wyllys

Deixe um comentário:


*