Manifestação Contra a Corrupção na Prefeitura de Taboão da Serra

21 de junho (terça-feira) às 15:30, em frente a prefeitura de Taboão da Serra

Nossa cidade vive um dos seus momentos mais difíceis de sua história. A quadrilha montada dentro da prefeitura com o objetivo de se apropriar do dinheiro arrecadado do IPTU em benefício próprio, foi descoberta e de lá para cá quatro vereadores, três secretários de governo e vários livre-nomeados já foram presos.

A quantidade de envolvidos não para de crescer e a expectativa é que nas próximas semanas, ou mesmo dias, novos membros da “equipe” montada para roubar o dinheiro do povo sejam descobertos e presos.
Um pensamento paira no ar, qual o envolvimento do prefeito Dr. Evilásio Farias na máfia do IPTU? Essa pergunta é importante, pois as figuras mais importantes de seu governo estão presas: Luis Antonio, Maruzan Corado e Antônio Roberto Valadão.

No dia seis de junho último, a juíza Flávia Castelari, solicitou ao CECRIMP (Câmara Especializadas em Crimes Cometidos por Prefeitos) tendo em vista menção de eventuais condutas criminosas, em tese praticadas pelo atual prefeito, que o mesmo seja investigado por este órgão. Segundo denúncias, Evilásio recebeu propina de 1,5 milhões para liberar obras.

Diante dos fatos amplamente divulgados pela imprensa, pelas investigações da polícia civil e pelas prisões já efetivadas, só é possível chegar a três conclusões sobre a participação do prefeito nesse escândalo de corrupção, que tanto envergonha os trabalhadores e moradores da cidade: 1. Ou o prefeito faz parte da quadrilha que se instalou na prefeitura (investigação que será feita pela CECRIMP/SP); 2. Ou o prefeito foi no mínimo omisso, ou seja, sabia e não fez nada, como afirma o delegado da seccional de Taboão da Serra e, 3. ou o prefeito é incompetente para não perceber que seus secretários e assessores de confiança, assim como vereadores de seu partido e aliados estavam passando a mão no dinheiro do povo.

Por outro lado, o prefeito Evilásio Farias não foi capaz até o momento de dar uma única declaração contundente que dirimisse qualquer envolvimento seu com os escândalos. Pelo contrário, mais e mais pessoas de seu círculo são relacionadas e inúmeros donos de imobiliárias tiveram mandados de busca e apreensão.

Qualquer uma das três possibilidades deixam claro para qualquer um que o prefeito Evilásio Farias não pode mais continuar a frente do governo municipal, seja por cumplicidade, omissão ou incompetência.

De acordo com o delegado da seccional de Taboão da Serra, o rombo nos cofres públicos do município pode chegar a 50 milhões. Isso explica e muito a ânsia em aprovar o espetacular aumento do IPTU.

Esse é o dinheiro que faz falta aos hospitais, as escolas dos nossos filhos, para a construção de moradias populares, saneamento básico, transporte e etc.

Precisamos dar um basta. Por isso chamamos a todos os trabalhadores do município, sindicatos, movimentos populares e moradores para uma grande manifestação que paralise a cidade demonstrando todo nosso descontentamento e indignação e exigir:

Devolução imediata de todo dinheiro roubado no esquema do IPTU!
Revogação da Lei que aumenta o IPTU!
Pela cassação dos vereadores presos!
Por concurso público para contratação de novos servidores e pelo fim da farra dos livre-nomeados!
Por reajuste salarial ao funcionalismo municipal e pela reincorporação dos benefícios retirados!
Pelo cumprimento do Plano Diretor que garantiu áreas para construção de moradias populares no município!
Pelo re-enquadramento das professoras ADIs no estatuto do magistério!
Passe livre para estudantes e desempregados no transporte público municipal!

Chamamos a todos para a manifestação no próximo dia 21 de junho (terça-feira) às 15:30, em frente a prefeitura de Taboão da Serra. Concentração no Largo do Taboão a partir das 15:00 de onde sairemos em passeata até a prefeitura.

Comitê de Luta Contra a Corrupção

Deixe um comentário:


*